ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Os principais fatores que causam dor de cabeça

Para se livrar da enxaqueca, confira os hábitos e alimentos que você deve evitar consumir em excesso!
Sabe quando você acorda e tanto o barulho alto da rua quanto à luz dos ambientes estão te incomodando? Isso é bem comum para quem sofre de enxaqueca. E esse tipo de dor pode estar ligado a vários fatores, podendo ser, inclusive, um aviso de que há alguma coisa (ou a alimentação) que não está legal em seu organismo. Para você não tem mais problemas de dor de cabeça, confira os principais alimentos e hábitos que podem causá-la!

Não fique sem se alimentar

Na correria do dia a dia, às vezes é complicado arrumar um tempinho para comer. Mesmo assim, evite passar fome ou sede, pois estes são fortes fatores para a dor de cabeça aparecer. Então, leve na bolsa uma fruta ou um snack e uma garrafa de água, se você não puder se alimentar no exato momento que estiver com fome.

Cuide-se em dias de grande estresse

Quando você está cheia de coisas para fazer, acaba ficando estressado e a tensão aumenta. Infelizmente, não tem nada que alivie a dor, então tente fugir dos estresses e tire um momento para relaxar quando estiver a ponto de perder a paciência. Afinal, ninguém quer ficar estressado e morrendo de dor de cabeça, não é mesmo?
Café em excesso pode causar dor de cabeça © Fornecido por Webedia SAS Café em excesso pode causar dor de cabeça
O excesso de cafezinho já pode ser o gatilho para começar a dor de cabeça!

Controle as doses de café no seu dia a dia

Não há nada mais perfeito do que tomar aquele café delicioso logo de manhã, não é mesmo? Mas apesar de aparentemente inofensivo, o cafezinho em excesso pode não ser uma ideia muito boa. Por isso, tente maneirar nas doses de café e outras bebidas que contenham altas doses de cafeína.

A culpa é da dor de cabeça é da ressaca

Você com certeza já exagerou nas bebidas ao sair com os amigos e, no outro dia, acordou com uma super ressaca e dor de cabeça. Ela é causada pela desidratação e efeitos do álcool no seu corpo. Para evitar esse incômodo, beba bastante água entre as bebidas e após o evento. E, é claro: evite exagerar no álcool após longos períodos sem comer.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário