ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Atriz não conseguiu assistir sua cena de estupro em Justiça: “É um pavor iminente”

Foto: TV Globo
Aos 23 anos, Luisa Arraes está em seu terceiro trabalho na Globo e, talvez, seja o mais difícil até agora. Em “Justiça”, a jovem interpreta Débora, uma menina que é estuprada durante o Carnaval de Recife, o maior medo da atriz na vida real.
Em entrevista ao site “Notícias da TV”, a atriz revelou que teve sintomas físicos pouco antes de gravar a cena por conta do nervosismo. “Todas as cenas na minissérie são muito difíceis, com carga emocional muito alta. Tive todos os tipos de dor, de barriga, de coluna. A cena do estupro eu não consigo mais assistir, foi horrível. É um pavor iminente”, confessou.
Apesar de não conseguir assistir à cena, Luisa defende que o estupro e a violência contra a mulher são assuntos que devem ser tratados na teledramaturgia brasileira, o que poucas vezes são. “É preciso falar, sim, a gente foge muito de assuntos feios, tem medo de falar sobre isso. Débora usa muito o termo estuprador, que é horrível, ninguém gosta. Mas existe, é um medo que não pode ficar calado. [Acontece atualmente] Esse movimento [social contra o machismo] incrível das mulheres aqui no Brasil. Eu converso com meu pai e ele diz: ‘Mas isso já acontecia na Europa, nos anos 1960’. Tudo bem, mas aqui não! Esses movimentos ajudam todas nós a termos coragem. Acho que é ótimo que o assédio esteja aparecendo com mais força [na TV]”, finalizou.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário