ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

TOP 6 sinais que podem indicar problemas no coração que você NÃO deve ignorar

coracao-humano
Existem muitos sinais que podem indicar problemas sérios no coração: problemas sexuais, ronco e sangramento das gengivas. Por mais que pareçam insignificantes, realmente são alguns sintomas comuns de doença cardíaca, a condição que mais mata em todo o mundo.
Quando o coração e as artérias começam a falhar, os sintomas se manifestam em partes distintas e não relacionadas do corpo, segundo o Dr. John Erwin, um cardiologista do Texas A & M Health Science Center, nos EUA. Então, ele revelou seis dos sintomas mais comuns que podem indicar doença cardíaca.

1 – Disfunção sexual
Muitas pessoas pensam que a disfunção sexual é um problema dos órgãos reprodutivos ou do cérebro. No entanto, especialmente em homens, a disfunção sexual é um sintoma comum de problemas arteriais. Um acúmulo de placas nas artérias pode levar os homens a ter dificuldade em alcançar ou manter a ereção.

Porém, em mulheres, uma queda na libido geralmente sinaliza um estado pós-menopausa. É importante ressaltar que as mulheres neste período aumentam rapidamente os seus fatores de risco para doenças cardíacas. “Embora a menopausa não cause doenças cardiovasculares, certos riscos à saúde do coração, como mudanças nos níveis de pressão arterial e colesterol, começam a aparecer”, relatou Erwin. Além disso, muitas mulheres desenvolvem um estilo de vida mais sedentário nessa fase da vida. Como resultado, o sintoma não deve ser ignorado.

2 – Ronco ou apneia
Poucas coisas são mais frustrantes na vida do que tentar dormir ao lado de uma pessoa que ronca. No entanto, além do incômodo, o Dr. Erwin revelou que poderia ser um sinal de doença cardíaca. O ronco é um sinal comum de apneia do sono, acarretando no sentimento de sonolência pela manhã, mesmo depois de uma noite inteira de sono. “A apneia do sono – períodos de tempo durante em que você para de respirar – é associada com muitas mudanças fisiológicas que aumentam o risco tanto de ataque cardíaco quanto de derrame”, relatou o especialista.

O ronco também pode ser um sinal de fibrilação atrial – frequência cardíaca irregular, muitas vezes rápida – que faz com que o fluxo de sangue seja menor. Portanto, a detecção e o tratamento da apneia do sono podem diminuir o risco de uma pessoa ter problemas cardíacos.

3 – Sangramento, ferida ou inchaço nas gengivas
Poucas pessoas sabem que problemas de gengiva podem estar relacionados a doenças cardíacas. Elas podem apresentar periodontite, uma infecção grave que danifica as gengivas e pode destruir o osso maxilar. A condição pode causar aumento da inflamação em todo o corpo, de acordo com o Dr. Erwin. O excesso da atividade das vias inflamatórias é um fator de risco para o desenvolvimento de doença aterosclerótica cardíaca e ataque cardíaco. Assim, é recomendado que as pessoas façam visitas regulares ao dentista e mantenham boa higiene oral, escovando os dentes regularmente e usando fio dental.

4 – Dores nos ombros e pescoço
Muitas pessoas sentem dores no peito ou nos braços durante um ataque cardíaco, mas nem todas passam por isso. Em vez disso, sofrem um ataque cardíaco sentindo um desconforto, seja por dores ou pressão no pescoço, mandíbula ou ombros. “Para alguns, este desconforto é o único sinal de dor no coração ou um ataque cardíaco”, relatou o especialista.

5 – Inchaço nos pés e nas pernas
Pés e pernas podem inchar por uma variedade de razões, incluindo algo tão simples como o calor. No entanto, pernas e pés inchados também podem ser indicadores de insuficiência cardíaca congestiva. Geralmente, isso acontece em casos em que a pessoa sente falta de ar muito forte ao realizar atividades físicas ou ao tentar dormir.
Embora algum tipo de inchaço ocorra naturalmente ao longo do dia, e tenda a desaparecer durante a noite, o inchaço persistente é problemático. As pessoas que têm inchaço constante nos pés ou pernas devem consultar um médico para uma avaliação de insuficiência cardíaca.

6 – Indigestão ou azia
Azia e indigestão são bastante comuns, mas em alguns casos, podem indicar uma condição grave. A queimação e as dores aparentemente normais no abdômen superior, podem – raramente – indicar um ataque cardíaco. Uma dor gastrointestinal persistente – tais como soluços intratáveis ​​- também podem ser sintomas sérios.
Assim, quando azia, indigestão ou soluços são misturados com náuseas, sudorese, falta de ar ou tonturas, as pessoas devem procurar um médico. “Não é raro ver pessoas indo à sala de emergência do hospital após terem tomado antiácidos durante horas, antes de perceberem que a dor representava algo mais grave”, concluiu o Dr. Erwin.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário