ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Sexo gay na TV só é novidade no Brasil – veja 10 cenas quentes das séries americanas

How to Get Away With Murder
Na última terça-feira (12) foi ao ar a primeira cena de sexo gay da TV aberta brasileira, na novela Liberdade Liberdade. A sensual cena entre os atores Caio Blat e Ricardo Pereira causou comemorações e indignações quase no mesmo volume, mas a verdade é que o Brasil está mesmo é atrasado nesse sentido (como em muitos outros).
Para demonstrar como a TV americana e a britânica, que são espelhos para o mundo todo com suas séries de enorme sucesso, já estão anos a nossa frente, reunimos 10 cenas de sexo gay quentíssimas exibidas só nos últimos anos. Confira:
Cenas quentes não faltam a Jamal, personagem de Empire - em duas temporadas, vimos o belo Jussie Smollett em cenas excitantes com três parceiros.
Looking sempre foi cheia de cenas quentes, é claro, mas nunca vamos esquecer a cândida cena em que Patrick recebe sexo oral de Richie.
Sense8As Wachowski dizem que todos os personagens de Sense8 são pansexuais - e eles tinham que ser, para curtirem a orgia que rola na primeira temporada.
Os belos meninos de Teen Wolf são prova de que um pouco de "eye candy" não faz mal a ninguém - especialmente as cenas de Danny e Ethan.
How to Get Away with Murder já começou mostrando que não tinha medo de estampar a sexualidade de seus personagens com Connor e Oliver - e deu certo.
Saudades eternas, Loras! O belo cavaleiro conquistou corações dentro e fora da tela em suas cenas de Game of Thrones.
Até a novelinha Days of Our Lives, que passa durante a tarde nos EUA, teve sua cena de sexo gay - em 2012!
Mesmo bem liberal, Girls não deu uma cena de sexo ao seu Elijah (Andrew Rannells) até a 5ª temporada - e foi Corey Stoll (House of Cards) o parceiro escolhido.
Na minissérie britânica London Spy, um agente secreto (Ben Whishaw) busca vingança pela morte do namorado - e as cenas do casal no começo da série são apimentadas.
As cenas entre Ian e Mickey em Shameless acabavam ficando violentas - mas vale ver que a TV americana não tem nem medo de colocar tabus no seu sexo gay.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário