ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

LIBERDADE, LIBERDADE: ANDRÉ É CONDENADO À MORTE APÓS TRANSA COM TOLENTINO

Transa de André e Tolentino pode terminar em morteO amor que André sente por Tolentino pode acabar com a vida do irmão de Joaquina. Literalmente. Após a primeira noite de amor do casal gay de Liberdade, Liberdade (veja os detalhes clicando aqui), tudo começa a desmoronar para o fidalgo. E sua fidelidade ao amado vai fazer com que sua vida fique por um fio. Confira as novidades que o site Extra, filiado à Rede Globo, divulgou sobre a novela das onze.
Tudo começa quando Gironda denuncia André após ver o rapaz beijando Tolentino. Com o depoimento da funcionária de Virgínia, André é preso prontamente. Mas apenas o irmão de Joaquina é entregue à polícia. No momento do interrogatório, o fidalgo acaba se enrolando e confessa o 'crime'; mas tem força o suficiente para resguardar o nome do amado.
O capitão que prende André deixa claro que sodomia é crime punido com pena de morte, mas mesmo assim o fidalgo não entrega o companheiro para os oficiais. Logo em seguida, Joaquina descobre o que aconteceu com o irmão e busca ajuda na Intendência. O rapaz está arrasado após apanhar muito para que confessasse seu parceiro e desabafa seus medos para a irmã: "a lei para... sodomia... É a morte. Eles estão possessos, Rosa. Porque me recuso a dizer quem estava comigo em pecado!".
Joaquina/Rosa começa a chorar com o irmão e diz que seu amor por outro homemem nada importa para ela. "Você é um homem nobre", afirma ela, deixando claro que a cadeia não é lugar para André. Assim, a filha de Raposo promete que vai tirá-lo da prisão o mais breve possível.
Perto dali, outro aliado de André descobre o que está acontecendo: Xavier. O falso médico fica desesperado ao perceber que o irmão de Joaquina/Rosa praticou um crime grave. "Sodomia é crime de lesa-majestade! A sentença é a pena de morte", afirma o jovem revolucionário.
Mas quem mais deveria estar se preocupando com André é Tolentino. Contudo, o Coronel começa a fingir que não tem a menor ligação com o crime do amigo. Ele chega a ver o amado ser brutalmente espancado na prisão e não levanta uma palha para impedir o sofrimento do rapaz ou assumir a própria culpa. Por culpa, o oficial não consegue mais encarar o amigo e tenta continuar sua vida.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário