ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Técnicas de escovação: diferenças entre crianças e adultos


Tanto as crianças quanto  os adultos, devem escovar os dentes, no mínimo, 3 vezes ao dia e logo após a ingestão de alimentos. No entanto, a frequência e o momento não são os únicos fatores relevantes para se obter uma boa higiene bucal; a técnica a ser empregada e a execução correta também são essenciais para uma boa manutenção.
Você sabia que há diferenças nas técnicas de escovação entre crianças e adultos?
A diferença na escolha da técnica está nos critérios escolhidos .Para as crianças devem ser lúdico, motivacional e funcional; já para os adultos, além destes, há como indicar técnicas mais elaboradas visando  a “adequação” às estruturas biológicas, no entanto, requer maior destreza manual e  melhor “entendimento”.
Passo-a-passo da técnica de escovação para crianças:
1-     Região dos dentes que dá para ver quando sorrimos ( vulgo, “a frente de dente”): movimentos suaves de “bolinhas” ou  em círculos;
2-     Região onde toca os alimentos durante a mastigação: movimentos de vaivém ou de “trenzinho”, imaginar que o dentes são o trilho e a escova o trem;
3-     Região que não conseguimos enxergar durante o sorriso (vulgo, “atrás do dente”): movimentos de “vassourinha”, com a escova deitada e jogando a sujeira para fora. Estes movimentos irão sujar o espelho da mamãe, mas ela compreenderá que é para o bem dos dentes, e que logo em seguida você irá ajudá-la a  limpar;
4-     Escovar a língua  sempre com movimentos de “vassourinha”, jamais com o movimento de vaivém (de frente para trás),pois  isto poderá causar ânsias de vômito.  É importante saber que a língua sempre deverá estar “rosinha”, se estiver branca pode significar que está com “bafinho”.
5-     OBS: todos os movimentos deverão ser realizados 10 vezes em cada 2-3 dentes (dependendo do tamanho da arcada dentária),

Passo-a-passo da técnica de escovação para adultos (técnica modificada de Bass):
1-     Podem ser realizados os mesmos movimentos ensinados à criança, como meio para facilitar  e  garantir  uma “limpeza geral”
2-     Para aprofundar a limpeza, complementamos a execução com a técnica modificada de Bass:

Em todas as faces do dentes, a escova deve ser inclinada a 45º em relação à face, entrar no sulco gengival e realizar movimentos vibratórios de vaivém. Garantindo desta forma a limpeza profunda de dentro das gengivas, evitando gengivites (doenças inflamatória da gengiva), ou até mesmo periodontite (doença inflamatória da gengiva e do osso)
Todos os movimentos devem ser executados de forma suave e com escovas de cerdas macias a super macias, para não machucar os tecidos ao redor do dente, e causar retrações gengivais ( exposição da raiz do dente). A efetividade da escovação não deve ser justificada pela quantidade de pasta de dente, tempo de execução ou força, mas sim, pela execução adequada em todos os dentes e em todas as faces.
A  manutenção diária dos dentes de forma adequada , e a realização de uma boa escovação  são fatores essenciais  para evitar futuras doenças bucais, e até mesmo a perda dos dentes. E em caso de dúvida, procure o seu dentista!
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário