ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

O que Temer e Dilma podem e não podem fazer a partir de agora

O Senado tem 180 dias para julgar o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Até lá, a petista fica afastada do exercício das funções do cargo e o vice-presidente, Michel Temer (PMDB), assume o posto.
Ver as imagens
Michel Temer, o presidente em exercício
De vice decorativo (como o próprio se declarou em carta endereçada a Dilma), Temer tem agora plenamente os poderes inerentes ao cargo de presidente da República.
Ele pode, a partir de agora, compor sua própria equipe ministerial, sancionar leis e editar emendas, representar o Brasil no exterior – entre outras tarefas dignas da chefia de governo e de Estado.
O peemedebista, no entanto, terá que continuar morando no Palácio do Jaburu – residência oficial da vice-presidência. Apesar da liberdade para escolher com quem irá trabalhar, Temer deve ficar sem vice.
A expectativa é de que  Temer faça seu primeiro discurso na tarde desta quinta-feira, quando deve anunciar seus primeiros ministros.
Dilma Rousseff, a presidente afastada 
Sem o direito de exercer temporariamente as funções da presidência da República, a presidente afastada deve ficar longe do Palácio do Planalto quando for notificada pelo Senado, o que deve acontecer 10h da manhã desta quinta-feira. 
Ela pode continuar morando no Palácio do Alvorada até o fim do julgamento do processo. Durante o período de afastamento, ela recebe apenas metade de seu salário, que passa a ser cerca de 15,4 mil reais.
O impeachment é aprovado se dois terços dos senadores (54 dos 81) votarem a favor.
Se Dilma for condenada, perde o mandato e se torna inelegível por oito anos. Se for absolvida, volta automaticamente ao cargo e recebe os salários que deixou de receber enquanto estava afastada.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário