ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Cientistas descobrem método para apagar memórias ruins

Assim como no filme  ‘Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças’ (filme de 2004 em que Jim Carrey tenta apagar seu grande amor da memória e para isso há um maquina que faz o serviço.), muitos já tiveram os coraçõeszinhos partidos e fariam qualquer coisa para esquecer, e deletar de vez, qualquer vestígio de lembrança da autora (o) dessa desilução. Pois é,  parece que cientistas estão chegando perto de tornar possível a situação, segundo o site Science Alert. 
No caso da vida real, a química é quem age como “máquina”, uma vez que cada vez que lembrando de algo proteínas estimularam nossas células cerebrais para crescerem e criarem conexões. E toda a vez que isso acontece com uma memória ruim substâncias como a norepinefrina e a noradrenalina entram em cena.
O que os estudos mostram é que se essas substâncias forem bloqueadas a partir de uma pílula, por exemplo, e trabalhadas junto com o redirecionamento da mente, as pessoas podem superar grandes traumas até que sua memória possa apagar o que lhe faz mal. Perfeito para quem sofre da síndrome do estresse pós-traumático. 
E o mesmo pode ser feito ao contrário. A manipulação de proteínas liberadas pelo corpo junto do redirecionamento cerebral podem implantas momentos que nunca aconteceram.
Portanto, a ideia da pesquisa não é apagar inteiramente as memórias tristes das pessoas, e sim torná-las menos dolorosas, o que pode ser muito útil no tratamento de fobias. O projeto sugere que  não são exatamente as memórias que nos causam dor, e sim as associações que fazemos a elas. “Não queremos limpar nossos ‘hard drivres’… A habilidade de esquecer coisas doloridas nos permite criar novas histórias sobre quem somos”, disse um dos cientistas responsáveis pelo estudo, Michael Bicks, ao site. 
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário