ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Após criar a própria moeda, cidade brasileira não tem roubo e assassinato há 1 ano

A tranquilidade é o orgulho dos moradores de São João do Arraial, município de pouco mais de 7 mil habitantes, a 250 km de Teresina, no Piauí.Há um ano a cidade não registra homicídio nem assaltos, isso tudo com apenas 3 policiais trabalhando no município. 
O motivo da calmaria é a criação da própria moeda, o “cocal”, que movimenta a economia de São João do Arraial.Com o cocal as pessoas pagam contas, recebem salário, bolsa família e até fazem empréstimos.
Antes da moeda própria, São João do Arraial não tinha agência bancária. Os moradores tinham que ir para municípios vizinhos pagar contas e isso prejudicava a circulação de dinheiro na cidade.
Hoje existe o Banco dos Cocais e o cocal representa 30% do dinheiro que circula em São João do Arraial.
Descontos
A moeda tem o mesmo valor do real, mas com maior poder de compra graças aos descontos oferecidos em todos os estabelecimentos comerciais do município.
Se um produto custa R$ 10, pagando com a moeda social, custará C$ 9.O desconto é possível porque, para cada cocal emitido, há um lastro de um real garantido pela organização financeira comunitária.
As cédulas são estampadas com ícones da cultura e economia local, além possuir um selo que dificulta a sua falsificação.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário