ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

5 dicas infalíveis para acabar com o inchaço abdominal

Você está querendo se sentir mais leve, perder medidas ou simplesmente acabar com aquela sensação de inchaço abdominal que surge após as refeições? Vale a pena conferir estas dicas infalíveis de diferentes especialistas para ter um abdômen mais plano.
1. Reduza os seus níveis de estresse
É mais fácil falar do que fazer, mas estudos científicos da Universidade de Califórnia, Estados Unidos, indicaram que pode haver uma ligação entre o cortisol, hormônio do estresse, e a gordura abdominal. O Dr. Shawn Talbott, bioquímico e autor de ‘The Cortisol Connection’ (A Conexão do Cortisol, em tradução livre), ressalta também que um pico em nossos níveis de cortisol fará com que o corpo queira comer algo rico em energia - e em calorias - para obter combustível e lutar contra o que está causando o estresse; “uma ótima tática de sobrevivência se você precisar fugir de um predador, mas não muito útil se você estiver apenas fugindo das suas contas,” diz ele.

Em um mundo ideal todos nós teríamos uma vida livre de estresse, mas infelizmente isso é muito difícil nos dias de hoje. No entanto, existem algumas coisas que você pode fazer para manter baixos os níveis de cortisol. De acordo com pesquisadores da Universidade de Miami, massagens regulares podem reduzir os níveis de cortisol em até um terço. Talbott diz que dormir as oito horas de sono recomendadas por noite também irá ajudar a reduzir o estresse, e a meditação pode contribuir para diminuí-lo em até 20%.
2. Queime gordura
“Se você quer fazer o que realmente funciona, deve se concentrar nos melhores exercícios para queimar gordura, e não apenas em querer sentir o abdômen queimando,” diz Julia Buckley, personal trainer e fundadora do Julia Buckley Fitness.

“Treinos intervalados de alta intensidade são um dos melhores métodos para queimar gordura, e o 'Protocolo Tabata’ é muito bom; você faz 20 segundos de exercícios muito rápidos e 10 segundos de descanso, e então repete. Exercícios como burpees, polichinelos, mountain climbers e agachamento combinado com salto são boas opções.”
3. Reduza o consumo de açúcar
Para perder gordura também é preciso alterar a dieta, e a nutricionista Kim Pearson recomenda cortar alimentos ricos em açúcares. “Como um guia básico, coma três refeições por dia focadas em proteínas, gorduras saudáveis e vegetais, e uma porção de frutas com baixo teor de açúcar, como as frutas silvestres,” diz ela.

“Alimentos ricos em açúcar e carboidratos refinados promovem o ganho de peso, então deixe-os para ocasiões especiais. Cuidado com alimentos identificados como "saudáveis,” como a granola, as barrinhas de cereal e produtos com teor reduzido de gordura, já que eles costumam ser secretamente ricos em açúcar.“
4. Fortaleça o seu abdômen
Para obter os melhores resultados ao esculpir o abdômen, Buckley recomenda um treino que combine movimentos que queimem gordura com exercícios que fortaleçam a região abdominal. "Movimentos compostos usando pesos, como agachamento, afundo e levantamento terra são ótimos,” ela diz.

“Eles ativam os maiores músculos do corpo e por isso queimam muitas calorias, além de trabalharem os músculos abdominais. Outras boas alternativas para o abdômen são variações da prancha (como a prancha lateral), variações de flexões, abdominais em 'v’ (levantando a parte superior do corpo e as pernas simultaneamente), e exercícios com bola.”
5. Coma para reduzir o inchaço
Mesmo após reduzir a gordura abdominal com uma dieta saudável e a prática de exercícios, você ainda pode ser vítima do inchaço na região. “Primeiramente, assegure-se de que você está ajudando o seu corpo a digerir os alimentos de forma eficaz ao mastigá-los bem,” diz Pearson. “Muitas vezes comemos com pressa, engolindo a comida junto com o ar, o que contribui para o inchaço”.

Ela diz que o trigo, o açúcar e os carboidratos refinados são alguns dos culpados pelo inchaço. Vegetais saudáveis, como a cebola, o feijão, a couve-flor, o brócolis, brotos e repolho também podem causar inchaço.
"Um suplemento probiótico de boa qualidade pode ajudar a reduzir o inchaço ao otimizar os níveis de bactérias saudáveis no intestino,” acrescenta Pearson.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário