ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Série dos "Mamonas" na Record vai falar sobre disputa de TVs pelo grupo

Colunas - Flavio Ricco
  • Lucas Lima/UOL
    Ruy Brissac viverá Dinho na série "Mamonas"
    Ruy Brissac viverá Dinho na série "Mamonas"
A série "Mamonas Assassinas", em cinco capítulos, uma parceria Endemol- Record escrita por Carlos Lombardi e com estreia no segundo semestre, vai abordar, de maneira leve e divertida, a disputa das emissoras de televisão para ter o grupo em seus programas, principalmente aos domingos, no momento em que ele estava no auge. Era uma loucura total e os integrantes até se divertiam com a situação.
Existe um farto material sobre o assunto, mas houve a decisão que um espaço não muito grande será dedicado a ele, porque o objetivo da série é focar nas dificuldades do grupo no início de carreira. O diretor Detto Costa, com passagens por SBT e Globo, e atualmente na Record, consultado sobre esse cabo de guerra das TVs, tem colaborado com o trabalho de pesquisa.
Já em se tratando de gravações, até por uma questão de orçamento, porque a coisa não tá fácil pra ninguém, a Endemol decidiu que os trabalhos do  programa serão quase 100% em locações. O elenco será definido ainda no decorrer desta semana e a ideia é mesmo contar com alguns valores do musical atualmente em cartaz em São Paulo, do diretor José Possi Neto. Ruy Brissac já está certo para interpretar Dinho. 

Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário