ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

O Sétimo Guardião: Aguinaldo Silva anuncia volta ao "mundo mágico" em sua próxima novela

Foto: Reprodução/Globo

Tieta (1989) e A Indomada (1997) são alguns dos sucessos de Aguinaldo Silva com grandes toques de magia. O estilo marcante deixado de lado em Porto dos Milagres (2001), trama anterior ao retumbante fenômeno que foi Senhora do Destino (2005).
Agora, com a abertura da Globo para diferentes linguagens no horário, o autor anuncia o retorno ao que ele chama de 'mundo mágico'. “A sinopse que estou reescrevendo tem uma novidade. Marca a minha volta ao universo dito “rural” e mágico, que eu tinha trocado, desde Senhora do Destino, pelas tramas urbanas e cariocas. Volto àquele mundinho no qual tudo é possível, desde que o espectador, acredite em minhas histórias e meus personagens e ache junto com eles que o impossível, por mais absurdo que pareça, pode acontecer”, escreveu Aguinaldo em seu site, AS Digital.
O autor, que está em Portugal, disse que está reescrevendo, porque a sinopse surgiu no seu curso para formação de televovelistas. "Escrever, não: reescrever. Pois sinopse eu já tenho; e ela surgiu durante minha Master Class 3, com a colaboração de 26 alunos”, disse Aguinaldo.
O autor Aguinaldo Silva. Foto: Divulgação/Globo


O autor, que só escreve novelas das oito/nove (além de projetos mais curtos), fez um comparativo com a situação brasileira para justificar a retomada do estilo que o consagrou: “Acho que dá, sim, já que por conta da leitura diária dos jornais concluo que neste momento, no Brasil e no mundo, só o impossível acontece”. Mas fez questão de esclarecer que sua “próxima novela não será sobre esse tipo de ‘impossível’, pois não dá para retirar dele nenhum bom humor, e minhas histórias, por mais sérios que sejam os temas abordados, sempre acabam se tornando engraçadas”.
Sobre a história, claro, Aguinaldo revelou muito pouco: “Só posso dizer que tudo acontece na fronteira montanhosa entre Minas e São Paulo, numa cidadezinha perdida cuja situação geográfica a impede de ter telefonia celular e internet. Ou seja, um lugar onde as pessoas ainda se comunicam por bilhetes ou cartas em pleno século XXI: não é fantástico? É disso que as telenovelas precisam, da volta daquela carta misteriosa capaz de destruir a vida do protagonista e alterar de uma vez por todas o desfecho”.
Aguinaldo se mostrou satisfeito em retornar ao realismo mágico. “E isso significa que, talvez, depois de um longo período de 'modernidade', pelo menos no que diz respeito à telenovela estamos voltando aos bons e velhos tempos, o que – pelo menos para mim – é muito bom”, disse o autor.
Abaixo, um trecho do roteiro divulgado por Aguinaldo. A novela deve se chamar O Sétimo Guardião.
"Sampaio é mau porque se especializou em fazer o mal e nunca teve problemas de consciência quanto a isso. Também não teria problemas se fizesse o bem… Mas ninguém nunca lhe pediu que o fizesse e, para falar a verdade, acha que fazer o bem seria muito chato"
 "Quem é Sampaio?’. É claro que eu não digo. O que eu digo é que vida de autor de novela é chatíssima!", brincou o autor, revelando que este texto faz parte da página 57 de sua sinopse.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário