ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Nível do mar pode subir até duas vezes mais do que o esperado

Um novo estudo publicado no começo de abril mostra um cenário ainda mais preocupante diante dos problemas ambientais e do aquecimento global. Cientistas alertam que o nível do mar pode subir até duas vezes mais que o esperado até o final do século.
A descoberta publicada pela revista científica Science faz as estimativas preocupantes do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) que parecerem conservadoras no último documento de referência, os cientistas previram até um metro de elevação do nível do mar neste século.
Mas eles não anteciparam qualquer contribuição significativa do degelo na Antártida. No entando, o novo estudo, os cientistas descobriram que uma  camada de gelo considerável da região é menos estável do que se pensava anteriormente e que seu derretimento pode aumentar os ricos para muitas cidades costeiras e nações insulares no mundo.
Anteriormente, os cientistas consideravam apenas o derretimento passivo do gelo marinho, nas camadas mais profundas, associado ao aquecimento da atmosfera e das águas do oceano, como fator determinante para elevação do nível do mar. Mas o estudo considera a influência de “processos ativos”, como a desintegração de enormes penhascos de gelo sob influência do ar quente.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário