ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Quico diz que Madruga nunca usou drogas e critica Florinda: "Deplorável"

Do UOL, em São Paulo
  • Montagem/UOL
    Carlos Villagrán (à esquerda) e Florinda Meza, do elenco de "Chaves"
    Carlos Villagrán (à esquerda) e Florinda Meza, do elenco de "Chaves"
O ator mexicano Carlos Villagrán, o Quico da série "Chaves", saiu em defesa de seu ex-colega de elenco Ramón Valdés (Seu Madruga), após a polêmica entrevista de Florinda Meza (Dona Florinda), que disse ao apresentador Gugu Liberato que Ramón tinha problemas com drogas. Villagrán desmentiu as revelações e fez duras críticas à viúva de Roberto Gómez Bolaños, criador do programa.
"É deplorável o que [Florinda] disse, porque está falando de uma pessoa morta que não pode se defender, independentemente de qualquer assunto que seja. Não sei qual foi o motivo, a causa, a razão ou a circunstância que a levou a dizer uma barbaridade tão grande tendo sido companheiro do programa. Não entendo", desabafou Villagrán a um site boliviano.
O intérprete de Quico, que faz uma turnê de despedida do personagem na Bolívia e em outros países da América Latina, afirmou que era o melhor amigo de Ramón e sabia que ele não era drogado. Para ele, Florinda é culpada pelas declarações, e não Seu Madruga.
"Ela tem a culpa do que diz. São suas palavras e deve responder por isso, não Ramón Valdés, que já está debaixo da terra. A mim me consta (que ele não era drogado) porque fui seu melhor amigo. Muita gente perguntou, e posso dizer que tudo o que Florinda Meza disse é mentira. Não sei o que a obrigou (a dizer isso), porque não convivo com ela e estou surpreso com essa declaração", finalizou.
Carlos Villagrán e Florinda Meza chegaram a namorar no início das gravações de "Chaves". Anos depois, a atriz iniciou um relacionamento com Roberto Gómez Bolaños que durou 37 anos. O comediante morreu em novembro de 2014. No velório, Quico e Florinda se reencontraram e se abraçaram pela primeira vez em 35 anos. Villagrán deixou a série em 1979 e, meses depois, Ramón Valdés fez o mesmo, em solidariedade ao amigo.

Florinda revolta família de Seu Madruga


Em entrevista a uma TV mexicana, o comediante Antonio Valdés, irmão de Madruga, disse que "o diabo espera" Florinda e que ela quer apenas "publicidade": "Esta senhora conversa com o diabo, porque a verdade é que o diabo a está esperando, e o que ela busca é publicidade, pobrezinha. Que Deus a ajude a encontrar algo que resolva sua solidão e que Deus a ajude no que lhe resta de vida".
Reprodução/Twitter/Mar_Vantolra
15.mar.2016 - Neta de Ramón Valdés (Seu Madruga) critica Florinda Meza após dizer que o ator usava drogas
Neta de Ramón, Mariana Valdés escreveu no Twitter que a viúva de Roberto Gómez Bolaños sentia "inveja" de seu avô: "Don Ramón é o melhor avô da história, inventam fofocas pela inveja de que ele sim triunfou pelo talento que tinha". Ela também aproveitou para alfinetar o início do relacionamento de Florinda com Bolaños, quando ele ainda era casado. "Florinda Meza, meu avô drogadinho? Já recordo que você queria invadir os casamentos de todos", completou.
Diante da repercussão negativa de sua entrevista à Record, Florinda Meza pediu desculpas à família de Ramón Valdés e aos fãs do programa: "Quero esclarecer que jamais pretendi sujar a imagem do meu querido Ramón Valdés. Ele era um comediante talentoso e um grande ser humano. Ramón era um grande amigo meu e de Roberto. Era seu humorista favorito. Era cavalheiro e sempre cumpriu seu trabalho maravilhosamente".

Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário