ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Estudo brasileiro revela qual a posição mais perigosa durante o sexo

Homens de todo o mundo, hora de se cuidar. Um estudo brasileiro mostrou qual é a posição praticada durante o sexo que traz mais perigos para eles. E o resultado é nada agradável: possível fratura peniana.
Conduzido por brasileiros, o estudo foi publicado recentemente no jornal especializado Advances in Urology. E segundo a pesquisa, qualquer posição com mulheres por cima pode ser bastante perigosa de ser praticada em relação às fraturas penianas.
O estudo monitorou situações de emergencia em hospitais em todo o Brasil e mostrou que 50% dos casos de fratura peniana estavam ligados a essa posição. O homem por cima, no entanto, é responsável por apenas 21.4% das lesões registradas.
Segundo os médicos, a fratura peniana é algo que precisa ser muito bem cuidado. No momento em que é sentida, provoca uma espécie de estalo. Os resultados desse tipo de lesão podem ser bastante sérios e podem afetar para sempre a vida do homem.
Segundo especialistas, um tratamento feito de maneira não-cirurgica pode deixar até 50% dos pacientes com seus membros deformados para sempre. Alguns ainda podem sofrer de disfunção erétil e com fortes dores no momento do sexo.
O único porém do estudo é o número de homens pesquisados. Isso porque, afirmam os pesquisadores, o número de pessoas com fraturas penianas é pequeno. Dentro das vítimas da lesão, também, cerca de 10% dos pacientes praticava sexo homossexual quando sofreu a fratura peniana.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário