ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Remédio que evita infecção por HIV pode ser distribuído gratuitamente a partir de 2016

Pesquisadores das universidades de Rutgers, em New Jersey, e da Pensilvânia, comprovaram que crianças prescritas com antibióticos têm duas vezes mais chances de desenvolver artrite juvenil, uma doença autoimune, caracterizada por inflamações crônicas que podem levar à dor, deficiência e perda de visão. O estudo, publicado no periódico Pediatrics, foi realizado em cima de dados do THIN (Rede de Melhoria da Saúde), que recolheu informações de mais de 450 mil crianças, das quais 152 mil foram diagnosticadas com artrite juvenil.

Após os ajustes para outras doenças autoimunes e infecções, foi constado um risco maior de desenvolver a doença em crianças que receberam prescrições de antibióticos, muito usados para tratar infecções respiratórias. Os pesquisadores descartaram a possibilidade de medicamentos contra vírus e fungos estarem ligados ao problema. 

De acordo com Daniel Horton, um dos autores da pesquisa, o rompimento das comunidades microbianas no organismo desempenham um papel na doença inflamatória e em outras autoimunes, sendo os antibióticos um dos mais conhecidos disruptores dessas comunidades. Segundo o pesquisador, estudos adicionais são necessários para confirmar os resultados.

Fonte: http://www.paineldenoticiasba.com.br/
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário