ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

'Por muito menos do que Dilma, Collor sofreu impeachment', diz historiador




A situação atual de Dilma Rousseff não está tão distante da situação que gerou o impeachment de Fernando Collor. Pelo menos é o que pensa Boris Fausto, um dos principais historiadores do Brasil. Ele, porém, descarta movimento parecido com o que tirou João Goulart do poder em 1964.

“A comparação com Collor é interessante porque, por muito menos, ele sofreu o impeachment. Dilma fez um esforço no sentido de controlar os piores aspectos da corrupção e dar um rumo para a Petrobras, mas o problema é que ela está metida em toda uma instituição política da qual faz parte, não obstante suas supostas e prováveis intenções”, afirmou ele à BBC Brasil.

Com voto declarado em Aécio Neves (PSDB-MG), candidato derrotado nas últimas eleições, Fausto ainda compara o escândalo da Petrobras com as acusações de corrupção da Era Vargas — que eram “apenas um laguinho se comparadas às situações atuais”, segundo ele. À época de Vargas ficou popularizado o termo “mar de lama” para falar sobre corrupção na política.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário