ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Adolescentes criam camisinha que muda de cor em contato com DSTs

camisinha 1100Você sabe muito bem que a camisinha ainda é o método mais seguro de se proteger contra doenças sexual transmissíveis. Agora, imagine que, além de inibir o contato, elas também pudessem avisar você de que há uma doença no loca. Pois é exatamente isso que um grupo de estudantes britânicos está produzindo.
Os jovens Daanyaal Ali, Muaz Nawaz e Chirag Shah, todos na faixa dos 13 anos, desenvolveram um preservativo, chamado de S.T.Eye, que é capaz de mudar de cor quando entra em contato com DSTs. Para tanto, a camisinha é recoberta com uma fina partícula de moléculas que assume cores diferentes de acordo com a DST detectada: verde para clamídia, amarelo para herpes genital, roxo para a presença do vírus HPV e azul para sífilis.
O projeto foi apresentado no concurso TeenTech Awards, feito em Londres, e ganhou o primeiro lugar na categoria Saúde. Esse concurso é bem bacana e incentiva a galera de 11 a 16 anos a desenvolverem projetos nas áreas de engenharia e tecnologia. Neste ano, o tema era a criação de tecnologias que facilitassem o dia a dia das pessoas. A intenção dos jovens, conforme relataram ao jornal britânico Daily Mail, é tornar as pessoas mais conscientes das DSTs, e leva-las a buscar tratamentos. Afinal, essa forma de diagnóstico é menos invasiva do que descobrir através de um médico.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário