ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Papiros indicam que egícpcios usavam 'sexo anal' como castigo

Reprodução
Se você pensa que o Egito antigo era só pirâmides, papiros e múmias, está muito enganado. Um dos impérios mais poderosos da história era também tem muita ligação com o sexo. Segundo especialistas, papiros indicam como e quanto os egípcios antigos transavam.

Os especialistas afirmam que a posição que mais aparece nos papiros ou desenhos em paredes é a cópula a tergo. Essa posição indica o sexo feito por trás e, por muitos anos, acreditou-se que ele era predominantemente vaginal. O pesquisador catalão Marc Orriols, porém, acredita que se trata de sexo anal.

E esse indicativo mostrado por Orriols mostraria uma faceta bem diferente de como o sexo era encarado no Egito antigo. Para ele, o sexo anal retratado mostravam diversos homens e, por isso, é o retrato não de um ato prazeroso, mas sim de um tipo de castigo que envolvia a humilhação por meio do sexo.

As pesquisas feitas, em sua conclusão, desmentem o imaginário do Egito antigo “viciado” em sexo tórrido, como é retratado em diversos filmes de Hollywood. Para os especialistas, há muitos retratos de que a sexualidade egípcia era bem ativa, mas em posições comuns e sem um comportamento totalmente estabelecido.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário