ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Inacreditável: O incrível caso do homem que não tem pênis nem testículos e urina e defeca pelo ânus

Will Golden é morador do Reino Unido e possui uma anomalia genética considerada raríssima.
Ele possui Agenesia Gonadal, um problema que provoca a ausência total de pênis e testículos e ocorre ainda na fase embrionária.
O que ocorre, de fato, é que as células de Leydig não converteram as gônadas em testículos e, por consequência, não existiu a produção de uma enzima chamada 5aDHT.
Will não tem vergonha de sua condição, que só ocorre com 1 a cada 20 milhões de crianças, e adora expor suas fotos na internet para diminuir o preconceito. Apesar de não ter órgãos genitais, seu corpo produz hormônios masculinos, o que lhe dá características típicas de um homem.
Alguns perguntam: Como ele urina? Pelo reto. Uma cirurgia foi feita há muitos anos, ligando sua uretra ao reto, assim, ele pode fazer todas as suas necessidades fisiológicas no mesmo lugar.
Também chamada de Síndrome da Regressão Testicular, não possui as mesmas características em todos os indivíduos. Alguns homens não possuem pênis, mas nasceram com testículos (interno ou externo). No caso de Will, a condição é ainda mais rara, pois não nasceu com nenhuma das estruturas genitais.
Confira algumas imagens divulgadas por ele!
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário