ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Mulher procura médicos queixando-se de tonturas e descobre que não possui parte do cérebro

Uma mulher de 24 anos, queixando-se de tonturas e náuseas, foi recentemente internada em um hospital na província de Shandong, na China, onde ela disse aos médicos que tinha lutado para se equilíbrio durante toda a vida. Quando os doutores realizaram uma varredura no cérebro, imediatamente perceberam o problema: ela não o possuía – pelo menos não o tinha completamente formado. Ela não possui o cerebelo.
O caso da mulher apresenta um exemplo incrível de neuroplasticidade, o processo pelo qual uma ou mais regiões do cérebro se adaptam para compensar os danos causados à área ou perda de alguma função corporal. Se você perder um dedo, por exemplo, as representações neurais dos dedos vizinhos ficam maiores.
Mulher procura médicos e descobre que não possui cérebro
Médicos descobriram que mulher chinesa não possui o cérebro após ela ser internada por problemas de saúde. Mulher não possui cerebelo, deixando cérebro incompleto.
Sobre a mulher, no entanto, a parte do corpo em falta não é um dedo, ou um nervo óptico, mas um grande pedaço de cérebro. A equipe médica classifica a condição como um raro exemplo de completa agenesia cerebelar primária.
Hoje, no entanto, os sintomas dela, aos 24 anos de idade, não são caracterizados como debilitantes, mas sim como leves a moderados. Seus movimentos sofrem um retardado, ou ficam irregulares. Ela é casada e tem uma filha, e descreveu sua gravidez e o parto como “momentos tranquilos”.
Às vezes, as atividades do cérebro associadas a uma determinada área são redistribuídas para outros locais, diminuindo a interferência da lesão.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário