ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Estudantes da área de humanas fazem mais sexo do que os de exatas, diz estudo

Uma recente pesquisa feita entre faculdades britânicas afirma que quem cursa Filosofia, História ou Artes Cênicas tem mais parceiros sexuais durante a graduação do que os estudantes de Matemática, Engenharia e Computação.
A resposta para isso é explicada exatamente porque os estudantes de humanas têm a mente mais aberta para as possibilidades da vida, menos pudores, um papo mais lapidado e maior facilidade de se relacionar.
A pesquisa foi realizada com 6.129 estudantes pelo Student Beans, site popular entre os estudantes britânicos. O portal promove anualmente uma série de entrevistas para identificar o perfil sexual dos alunos do país. Especialistas acreditam que este estudo contempla os estudantes brasileiros também e ressaltam a importância de não criar estereótipos.
Para a sexóloga Márcia Aragão, em entrevista ao jornal O Globo, “quem é da área de humanas, aqui no Brasil ou no Reino Unido, geralmente tem menos pudores, menos preconceitos e um olhar mais atento ao outro, e isso traz um relaxamento e uma harmonia na vida sexual”.
Ela acredita que este comportamento não é exclusivo da área de humanas e diz que “é evidente que você pode ver esses mesmos atributos em um estudante de exatas. É o comportamento que vai definir sua percepção sobre o sexo, e não a faculdade que cursa. Porém, a maneira de ver o mundo, muitas vezes, reflete-se na escolha do curso”, ressalta.
A Universidade de Brighton ficou em primeiro lugar no ranking. Lá, os estudantes dos cursos de Filosofia e Hotelaria tem uma média de 10,59 parceiros sexuais durante a graduação. Alunos da Universidade de Sussex de cursos como Engenharia, Química, Computação e Matemática, tiveram uma média de 4,48.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário