ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Matador de borboletas - ANJOS,F.C

Matador de borboletas

Nem sabia que existiria 
uma beleza unida a dor
sangrenta, árdua e fria
descartar as aparências
que por trás de tudo que é belo
o elo que desaparece 

Quando a mascara não pertence mas
deste jeito que sobrevoa 
voando em imensidão sem asas
a morte que maltrata

Sensível em belas cores
após mudanças visíveis 
sem tom e contraste 
hoje diversidade em asas
que liberta a tal liberdade

Arrasta-te o único corpo
que impedi o seu voar
em folhas verdes em pleno outono
uma raridade, será que há

Vem gota d'água
que mim alimenta 
e acaba com tal seca
que insiste em maltratar

Caminhos entre os refúgios
não parara meus movimentos curtos
com grandes caminhadas
obstáculos só mim elevar ainda 
que os mesmos atrapalhem meu rastejar

Mundo matador que me envenena
quero viver mesmo que não vivo
primavera em belas borboletas
em pleno jardim não embelezam
gotas de sangues mortas
metamorfoses não há mais
nada mas que o silêncio 

 ANJOS,F.C
Autor

Fábio Cristovão dos Anjos
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário