ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Doador de sêmen oferece serviço via rede social e diz já ter mais de 100 filhos

Imagine que você entrasse noFACEBOOK e a cada dia pelo menos dez pessoas iniciassem uma conversa com você para pedir seu sêmen. Bizarro, né? Mas é isso que acontece com Matt Stone, de 37 anos.
Óbvio que nada disso é por acaso, pois o americano oferece seu “serviço” de forma gratuita pela rede social.
O morador da cidade de Raleigh, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, afirma que já deve ter pelo menos 100 filhos espalhados por aí ao longo de quatro anos de trabalho “árduo”. De acordo com ele, 70 são confirmados. Atualmente, cerca de 20 mulheres estão grávidas dele.
“Bancos de sêmen são incrivelmente caros e não atendem a todos os interesses de quem quer ter filhos”, afirmou Stone ao jornal britânico The Mirror.
Antes de doar, ele faz uma entrevista com a pessoa interessada e pergunta desde a sua renda familiar até se está se envolvendo com alguém.  Segundo ele, para garantir que a criança tenha uma família feliz e estruturada.
Suas principais clientes são casais lésbicos (90%), 5% são de casais heterossexuais e os outros 5% de mulheres solteiras.
Quem tiver interesse nos serviços do rapaz tem apenas 8 anos para conseguir sua mostra. Isso porque, ele decidiu que se aposentará dessa “profissão” aos 45 anos.

Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário