ANJOS, F. C Fábio Cristovão dos Anjos. Tecnologia do Blogger.

Casal comemora Bodas de Ouro usando a mesma roupa que vestiu no dia do casamento, nos anos 60

Roupa de casamento, em geral, é uma coisa estranha, se pensarmos bem no assunto – um dos modelos mais imponentes de nossa vida, usado uma única vez, guardado num armário para sempre, e nunca mais vesti-la.
Mas esse não foi o caso de Carole-Ann e Jim Stanfield, que decidiram vestir novamente suas roupas de casamento ao comemorarem 50 anos de casados.
O casal se surpreendeu ao descobrir que as roupas ainda cabiam, 50 anos depois, e logo perceberam que elas estavam cobertas de poeira, no sótão da família.

A neta do casal, Hayley, estava visitando os avós e pediu para olhar algumas fotos antigas no álbum de família – e foi aí que Jim ‘tropeçou’ no vestido de casamento de Carole-Ann.
As roupas foram usadas por eles em 1966, e ainda servem – por incrível que pareça – após todos esses anos.
“Quando Hayley descobriu que nós ainda tínhamos nossas roupas de casamento ela disse que deveríamos experimentá-las e ver se ainda cabiam,” disse Carol-Ann ao Metro.
“Jim foi ao sótão e buscou as roupas. Hayley insistia que nós provássemos e eu disse que não, pois elas estavam no sótão, sujas e fedidas.”
“Mas ela implorou, suplicou e acabamos fazendo isso por ela – e ficamos abismados quando descobrimos que elas ainda cabiam perfeitamente.”
A partir daí, Hayley teve a brilhante ideia de comemorar as bodas do casal com uma festa onde eles poderiam usar as roupas novamente.
“Muita gente sabia que iríamos vestir nossas roupas de casamento na festa, mas ainda ficaram espantados em nos ver vestidos nelas.”
O casal se conheceu num clube, onde Jim trabalhava, em 1962, e o resto da história, todos conhecem. A lua de mel aconteceu em Malta, nos idos de 1966, mas desta vez eles embarcam para a Turquia.
Share on Google Plus

Sobre o autor Fábio Anjos

Biólogo Licenciado em Ciências Biológicas, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA-CE, Licenciatura Plena, 2010. Atualmente exerce a função de educador nível médio no Projeto Travessia na rede Estadual de Ensino, na Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora e como também na rede municipal de João Alfredo. O mesmo possui Pós-graduação Lato Sensu em Análises Clínicas pela Faculdade Frassinetti do Recife-FAFIRE-PE, 2012. Cursando mestrado, pela Faculdade Norte do Paraná, no curso de Ciências da Educação e Multidisciplinaridade e cursando espanhol pela Universidade de Pernambuco.
    Comente
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário